Langkampfen / Kufstein, 04/17/2012

VIKING fecha o ano de 2011 com 20% de crescimento de facturação

Inovações carregadas de êxito

A VIKING, empresa pertencente ao Grupo STIHL, alcança os 133 milhões de euros durante o ano passado e regista o maior crescimento de toda a sua história.

A empresa pulveriza um ano de record  após aumentar os seus quadros em 11%.

O êxito em vendas dos seus novos produtos posiciona a VIKING como o referente europeu na produção de máquinas para jardim.

A VIKING, empresa do Grupo STIHL dedicada ao fabrico de máquinas para jardinagem, aumentou a sua facturação em mais de 23 milhões de euros durante 2011, o que supõe um crescimento de 20% respeitante ao ano anterior, 2010. A multinacional austríaca, cujo volume de negócio incrementou, alcançou os 133 milhões de euros, e registou o maior crescimento da sua história em volume de venda.

A empresa líder em maquinaria de jardinagem também bateu recordes durante o passado ano, após um aumento dos seus quadros em 11%, passando de 268 a 297 empregados. Um valor que explica os bons resultados alcançados pela empresa, que aumentou o seu balanço anual em 85 milhões, assim como o seu rácio de capital, 17 e 61%, respectivamente.

Segundo Peter Pretzsch, Director Geral de VIKING, este crescimento responde tanto ao bons resultados obtidos nos últimos anos como as excelentes perspectivas de futuro: "Os resultados do ano passado confirmam que estamos no bom caminho. O êxito da nossa empresa radica em apostar pela qualidade dos nossos produtos e investir na marca VIKING".

Uma aposta segura pela formação dos seus empregados

A VIKING oferece oportunidades de desenvolvimento profissional aos seus colaboradores através de um ensino superior e formação. Uma das características da sua formação interna recai na vantagem dos próprios empregados formarem aprendizes, beneficiando-se da experiência e conhecimento já existente na empresa. A juntar, um dos pilares básicos da sua  política interna é a colaboração com instituições educativas, oferecendo programas de formação nas áreas de logística, comercial e tecnológica, entre outras.

Inovação nos seus produtos, uma garantia de êxito que ultrapassa fronteiras

O êxito em vendas dos seus novos produtos posiciona a VIKING como o referente europeu no sector da jardinagem. Durante o passado ano, a inovação chegou à empresa graças aos lançamentos dos tractores corta-relvas MR 4082 e MR 4082 K, os novos corta-relvas da Série 3 (ME 339 e ME 339 C, junto ao corta-relvas a bateria MA 339) e as moto-enxadas HB 445, HB 445 R e HB 585.

A alta qualidade dos produtos VIKING também passa além fronteiras no continente europeu. A marca exporta  97% da sua produção, grande parte na Europa, o que a converte numa referência no mercado de venda de maquinaria de jardim.

Alta satisfação do cliente final

A multinacional caracteriza-se por procurar a máxima satisfação do cliente através de um serviço e produtos com a máxima qualidade. Através de um ampla rede de distribuidores, a VIKING consolidou-se como uma das marcas de venda de maquinaria de jardim mais valorizada pelo consumidor. De acordo com os últimos estudos de mercado realizados pela empresa sobre o grau de satisfação do cliente VIKING, 93% dos inquiridos mostra-se muito satisfeito e valoriza como muito positiva a sua experiência com a utilização das suas máquinas.

O anterior resultado demonstra a excelência dos seus produtos. Seguindo o anterior estudo, 95% dos seus clientes repetiriam com a marca VIKING no caso de realizar uma segunda compra, enquanto que 97% recomendariam os seus produtos a amigos e conhecidos. Estes dados confirmam uma vez mais que os investimentos realizados pela companhia em inovação são garantia de sucesso para o cliente final.

VIKING, três décadas marcadas pelo êxito

O ano passado celebrou-se o 30º aniversário da fundação da VIKING. A divisão de jardinagem do Grupo STIHL iniciou o seu percurso em 1981 comercializando trituradoras de jardim. Passadas três décadas, a VIKING conta com uma ampla gama de corta-relvas, biotrituradoras e moto-enxadas e, no últimos anos, definiu claramente o seu caminho, apostando na inovação que resultou, por exemplo, nos novos e originais modelos de robots e tractores corta-relvas.

No ano do seu 30º aniversário, a VIKING realizou uma alteração fundamental para o desenvolvimento futuro do Grupo STIHL. No dia 31 de Março de 2012, o Dr. Nikolas Stihl deixou a Gerência da VIKING para assumir a Presidência do Conselho Consultivo do Grupo, que recaía anteriormente no seu pai, Hans Peter Stihl. A sua posição à frente da Gerência da VIKING foi agora ocupada por Peter Pretzsch.

Valores: VIKING em resumo

História da empresa

1981 Fundação da VIKING GmbH

1992 VIKING passa a formar parte do Grupo STIHL

2001 Deslocação das instalações para Langkampfen

2007 Primera ampliação da VIKING

2012 Ampliação em mais 16.000 m² Nutzfläche

Gerência

Peter Pretzsch

Gama de produtos

São fabricados corta-relvas, robots corta-relvas, tractores corta-relvas, biotrituradoras, escarificadores, moto-enxadas, ebm como diferentes produtos eléctricos e a bateria da marca STIHL

Direcção da VIKING:

Peter Pretzsch Gerente
Wolfgang Simmer Director de Marketing e Vendas
Josef Koller Director de produção e aprovisionamento
Michael Dickjürgens Director de aprovisionamento
Bruno Lutz Director de Finanças e Contabilidade
Johann Weiglhofer Director Investigação e Desenvolvimento

200920102011
Empregados 250268297
Facturação em mil de EUR 106.184110.554133.688
Benefícios em mil de EUR 65.59272.74884.998
Capital próprio em mil de EUR 45.87048.22652.175
em % 706661
Percentagem de exportações em % 989797